Casa da Académica em Lisboa

Entrevista ao presidente da CAL

Site oficial, 1 de Abril de 2014

jaimedoriacortesao

A Casa da Académica em Lisboa assinalou no dia 29 de Março o vigésimo aniversário com um concerto do “Coro Alma de Coimbra”, que decorreu no Casino do Estoril.

O Site Oficial dos “estudantes” esteve à conversa com o Presidente da Casa da Académica, Dr. Jaime Dória Cortesão. Confira a entrevista:
1. A Casa da Académica em Lisboa comemorou recentemente os 20 anos de existência. Desde a sua fundação, qual tem sido o intuito desta Casa e por onde têm passado os seus objectivos?

De acordo com os Estatutos, o intuito é o de divulgar o nome da Associação Académica de Coimbra quer na vertente cultural, quer na vertente desportiva. Serve também o propósito de homenagear figuras ímpares da Académica. Destaco a recente homenagem ao autor da obra “Académica – História do Futebol”, o jornalista e adepto da Académica João Mesquita.

2. A cerimónia de comemoração dos 20 anos teve lugar no Casino Estoril no dia 29 de Março. Foi uma festa carregada de simbolismo?

A cerimónia no Casino surgiu de uma oportunidade gentilmente criada pelo coro “Alma de Coimbra” e ao qual a Casa da Académica deu seguimento com todo o gosto. Nas comemorações, fizemos questão de homenagear os que já não estão entre nós e que deixaram marca na Associação Académica de Coimbra, nomeadamente o Eng. Mário Leónidas, o Dr. Augusto Martins, conhecido em Coimbra como o Martins “Teórico” e o Dr. Fausto Correia.

3. O Dr. Jaime Dória Cortesão assumiu o cargo em Janeiro de 2013, tendo por isso completado recentemente um ano de mandato. Qual o balanço que faz?

Faço um balanço positivo. Temos vindo a congregar novos associados e associados novos, no sentido etário. Temos jovens entre os 20 e os 30 anos que se identificam com o espírito da Académica.

4. Relativamente às actividades e eventos levados a cabo pela Casa da Académica, quais são os que, na sua opinião, merecem mais destaque e mais motivos para serem relembrados?

Destaco as confraternizações anuais coincidentes com a época natalícia, servindo também para avivar o espirito e a união coimbrã e académica e algumas homenagens feitas ao longo dos anos a personalidades com significado para a AAC como por exemplo o José Fernandes Fafe e o já supra citado João Mesquita.

5. Futuramente, o que é que está programado e por onde passam os objectivos da Casa?

Futuramente queremos engrandecer a massa associativa através de campanhas, uma vez que há muitos adeptos da Académica espalhados por Lisboa e queremos reuni-los e dar-lhes cobertura associativa. Assim que isso for possível, queremos passar a ter uma Sede própria.

6. A nível pessoal, o que representa para o Dr. Jaime Dória Cortesão ser Presidente da Casa da Académica?

Representa muito em termos daquilo que é ser e pertencer à Académica.

 

Partilhe!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Faça-se sócio!

Receba novidades por email